GINECOLOGIA

Entenda mais sobre ginecologia

Voltar

A ginecologia literalmente significa "a ciência da mulher", mas na medicina é a especialidade que trata de doenças do sistema reprodutor feminino, útero, vagina e ovários.

Os principais problemas tratados com um ginecologista são:

 

• Dismenorréia

A dismenorréia, também conhecida como cólica menstrual, é uma dor pélvica que ocorre antes ou durante o período menstrual, que afeta cerca de 50% das mulheres em idade fértil. Pode ser primária ou secundária, dependendo da existência ou não de alterações estruturais do aparelho reprodutivo.

A cólica primária é aquela que ocorre sem que haja lesões nos órgãos pélvicos. Geralmente, ocorre nos ciclos menstruais normais e logo após as primeiras menstruações na adolescência, podendo cessar ou reduzir significativamente quando a mulher atinge a faixa dos 20 e poucos anos. Em alguns casos isso só ocorre após a gravidez.

A cólica secundária está relacionada a alterações do sistema reprodutivo, que podem ser endometriose, miomas uterinos, infecção, anormalidades na anatomia do útero ou da vagina de origem congênita. Outra causa é o uso de dispositivo intrauterino (DIU) como método anticoncepcional. Geralmente começam a surgir dois anos depois da menarca.

 

• Amenorréia

Amenorréia significa ausência de menstruação.

Pode ser classificada em primária ou secundária. A Amenorréia primária define a ausência de menarca e a amenorréia secundária se dá por falta de menstruação por 3 ciclos consecutivos ou 6 meses em mulheres que já apresentaram ciclo normal . As amenorréias, tanto primária quanto secundária, necessitam avaliação médica. Seu médico saberá o momento em que deve ser iniciada essa investigação.

Em pacientes que já apresentaram menstruações, muitas vezes não é necessário aguardar 3 meses para que se realize a investigação e o tratamento da amenorréia. A maioria das mulheres procura o seu médico quando a menstruação atrasa alguns poucos dias. A investigação do atraso menstrual e da amenorréia secundária é semelhante.

Em mulheres com vida sexual ativa e em idade reprodutiva a causa mais comum de amenorréia (e de atraso menstrual) é a gravidez.

Podem acontecer devido a várias causas, como por exemplo a utilização de fármacos, gravidez, stress, tumores no sistema nervoso central (ex. tumor hipersecretante prolactina). Também há a informação de que mulheres atletas tendem a ter amenorréia numa frequência maior do que mulheres que não praticam esportes.

O tratamento da amenorréia pode ser feito com base na hormonoterapia no caso de disfunção ou ausência dos ovários e menopausa. Os medicamentos usados nesse caso são normalmente à base de estrogênios e/ou progestagênios. Tratamentos não hormonais são indicados em pacientes com amenorréia devido a super produção de prolactina ou outras causas, como psicológica. Nesses casos, pode-se indicar a psicoterapia ou medicamentos que redução a produção de prolactina.

 

• Infertilidade

A infertilidade ou esterilidade é o resultado de uma falência orgânica devida à disfunção dos órgãos reprodutores, dos gametas ou do concepto. É diferente de esterilidade. Um casal é infértil quando não alcança a gravidez desejada ao fim de dois anos de vida sexual contínua sem métodos contraceptivos. A infertilidade pode ser feminina, masculina, feminina e masculina, ou ainda sem causa aparente.

 

• Menorragia

Menorragia é um período menstrual anormalmente carregado e prolongado com intervalos regulares. As causas podem ser devido a coagulação sanguínea anormal, interrupção da regulação dos hormônios ou distúrbios do revestimento endometrial do útero. Dependendo da causa, pode ser associado com menstruações dolorosas (cólicas).

Incontinência urinária

De forma geral a incontinência urinária (ou IU) ocorre quando, a pressão dentro da bexiga excede aquela que se verifica dentro da uretra ou seja há um aumento considerável da pressão para urinar dentro da bexiga, isso ocorre durante a fase de enchimento do ciclo de micção.

É definida como a perda involuntária de urina, provocando por vezes certo constrangimento à pessoa.

A incontinência urinária também pode ser designada de Enurese. E ocorre com certa frequência à noite, principalmente entre os idosos.

 

• Câncer

Câncer é uma doença caracterizada por uma população de células que cresce e se divide sem respeitar os limites normais, invade e destrói tecidos adjacentes, e pode se espalhar para lugares distantes no corpo, através de um processo chamado metástase. Estas propriedades malignas do câncer o diferenciam dos tumores benignos, que são auto-limitados em seu crescimento e não invadem tecidos adjacentes (embora alguns tumores benignos sejam capazes de se tornarem malignos). O câncer pode afetar pessoas de todas as idades, mas o risco para a maioria dos tipos de câncer aumenta com o acréscimo da idade.1 O câncer causa cerca de 13% de todas as mortes no mundo, sendo os cânceres de pulmão, estômago, fígado, cólon e mama os que mais matam.